Acessibilidade

Seminário Judicialização da Saúde foi realizado em Tapera

Publicado em 03/06/2019

Ontem (30), a partir das 09h30, aconteceu no Centro de Eventos de Tapera, o seminário Judicialização da Saúde. O evento foi uma promoção do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Ministério Público e Defensoria Pública, com organização da FAMURS e AMAJA.

Na oportunidade, estiveram presentes promotores, defensores públicos, prefeitos da área de abrangência da AMAJA, Secretários de Saúde e assessorias da área jurídica. Vários assuntos relacionados ao tema foram debatidos durante o dia.

Os municípios gaúchos têm buscado alternativas para solucionar os problemas de judicialização que atingem a área da saúde. Conforme levantamento da Famurs, atualmente são mais de 89 mil processos ativos no Estado. Os casos são referentes a tratamentos médicos e hospitalares; fornecimento de medicamentos; atendimentos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Unidade de Cuidados Intensivos (UCI); entre outros serviços.

Diante deste cenário, a Famurs e AMAJA, juntamente com instituições que atuam na área da saúde, buscam realizar mediações, workshops e a convergência entre órgãos para adequar e qualificar a judicialização da saúde.

O Prefeito de Saldanha Marinho e Presidente do Comaja, Volmar Telles do Amaral, a Secretária de Saúde e Assistência Social, Janete Barden, a Procuradora do município Maila Radaelli Hammel, e a assessora jurídica Gisele Quadros, estiveram representando Saldanha Marinho neste importante evento.